Chá das folhas de graviola: como tratar a hipertensão e até emagrecer com ele.



Recorrer a chás para tratar certas patologias é uma ideia milenar e até hoje pode ser vista nas casas das pessoas. Um dos chás pouco conhecidos, entretanto cheio de benefícios é o feito das folhas de graviola.

Esse fruto veio lá das Antilhas, mas se deu muito bem no solo norte/nordestino do Brasil e em outros países tropicais.

Alguns lugares a chamam de jaca do Pará e, além de ser uma fruta deliciosa e refrescante, é rica em vitaminas e fibras que fazem bem ao organismo.

Como as propriedades da graviola podem ajudar no tratamento de câncer?

Alguns testes em animais puderam comprovar que o chá das folhas de graviola combatem células cancerígenas, no entanto o uso ainda não foi evidenciado nos humanos.

Isso acontece por causa do princípio ativo acepitamina, que é anticancerígeno.

Apesar dessa propriedade, o ativo se dispersa muito rapidamente e os laboratórios ainda não foram capazes de sintetizá-lo.

Vale lembrar que, se o oncologista aprovar, não faz mal beber o chá e, quem sabe, ter novidades positivas.

Recorrer a chás para tratar certas patologias é uma ideia milenar e até hoje pode ser vista nas casas das pessoas.

Um dos chás pouco conhecidos, entretanto cheio de benefícios é o feito das folhas de graviola.

Esse fruto veio lá das Antilhas, mas se deu muito bem no solo norte/nordestino do Brasil e em outros países tropicais.

Alguns lugares a chamam de jaca do Pará e, além de ser uma fruta deliciosa e refrescante, é rica em vitaminas e fibras que fazem bem ao organismo.

Chá das folhas de graviola

Para que serve?


  • Artrite
  • Asma
  • Abscesso
  • Catarro
  • Cólica
  • Diabetes
  • Diarreia
  • Depressão
  • Hipertensão
  • Inflamação
  • Insônia
  • Verme
  • Reumatismo
  • Problemas no aparelho digestivo
  • (gastrite e úlcera)
  • Obesidade
  • Prisão de ventre
  • Doenças hepáticas
  • Enxaqueca
  • Gripe
  • Colesterol alto
  • Câncer

Como as propriedades da graviola podem ajudar no tratamento de câncer?

Alguns testes em animais puderam comprovar que o chá das folhas de graviola combatem células cancerígenas, no entanto o uso ainda não foi evidenciado nos humanos.

Isso acontece por causa do princípio ativo acepitamina, que é anticancerígeno.

Apesar dessa propriedade, o ativo se dispersa muito rapidamente e os laboratórios ainda não foram capazes de sintetizá-lo.

Vale lembrar que, se o oncologista aprovar, não faz mal beber o chá e, quem sabe, ter novidades positivas.

Receita do chá das folhas de graviola

Selecione seis folhas da graviola e ponha em um recipiente de vidro que comporte um litro de água.

Ferva a água e deposite no recipiente com as folhas, abafando para que fique em infusão por quinze minutos.

Passando esse tempo, coe e beba. Se preferir, adoce com uma colher rasa de chá de mel.

Para melhorar a digestão, tome três xícaras da bebida por dia.

Lembre-se de que não é ideal guardar as sobras do chá para o dia seguinte, beba tudo no mesmo dia que o fez.

Quem NÃO deve tomar?

As pessoas que apresentam pressão baixa devem evitar o consumo desse chá, pois ele acaba baixando mais ainda.

Grávidas e lactantes também não devem beber tal infusão.

Há ainda contraindicações para os indivíduos com caxumba, ferimentos na boca ou aftas, pois a bebida é bastante ácida e provoca dor nesses casos.

Propriedades concentradas nas cápsulas

No mercado é possível encontrar o extrato de graviola em cápsulas.

Por ser extraída da própria fruta, essa drágea é mais concentrada em termos de propriedades benéficas á saúde.



Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.